The Snowman + The Leopard - Jo Nesbo























Já se passou bastante tempo desde que "entrei" na leitura dos livros do norueguês Jo Nesbo sobre as desventuras do detective Harry Hole. Aliás, já li dois volumes e encontro-me neste momento a ler o terceiro! Mas falta de oportunidade fez com que ainda não tivesse escrito sobre eles aqui.
Comecei por ler The Snowman, o quinto volume da série. Embora haja algumas referências a acontecimentos passados, os livros são bastante auto-contidos, pelo que é possível ler qualquer um deles de forma independente. Assim, comecei por aquele que me foi oferecido, e que também é o mais famoso (segundo me disseram). De seguida, encomendei mais dois volumes pela Amazon e li o sexto livro, The Leopard! Em ambos os casos (como, provavelmente, em toda a série), Harry Hole vê-se a braços com múltiplos assassínios, perpetrados por um mesmo assassino... Estamos a falar de thrillers onde o suspense é, nitidamente, rei! Os livros estão muito bem escritos (embora, à terceira, já se consiga perceber um certo modus operandi), o mistério é mantido até bem perto do fim (normalmente) e estes livros são, portanto, uma verdadeira maravilha para quem gosta do estilo mistério policial. Eu, pessoalmente, adoro.
As comparações a Stieg Larsson somam-se. Não acho que os estilos sejam muito semelhantes, para dizer a verdade. Nesbo tem uma forma característica de incluir referências culturais, musicais e não só, o que torna a sua contextualização bastante diferente da de Larsson. E, pelo menos nesta série, temos nitidamente um (anti-)herói, alguém que carrega nas costas todo o peso destas histórias. Por isso, acho que o paralelismo com Larsson se esgota na categoria literária em que ambos se incluem, e no facto de serem ambos autores escandinavos. Não que um seja melhor do que o outro. Gosto muito de ambos. Mas este (Nesbo), pelo menos, ainda está vivo e disponível para continuar a dar-nos (boas) aventuras do lobo solitário Harry Hole.

3 comentários:

*S* disse...

Fiquei curiosa!! :)

*S* disse...

Fiquei curiosa!! :)

irRita disse...

Olha que vale a pena. Ao início parece inofensivo, mas depois vicia! :)