Caramel



Tudo se passa em Beirute, Líbano. Um salão de beleza, em torno do qual giram 5 vidas. 5 mulheres: Layale, Nisrine, Rima, Jamale e Rose. Layale vive uma relação sem qualquer futuro com um homem casado; Nisrine vai casar com um rapaz muçulmano e está a braços com o problema de já não ser virgem; Rima descobre os seus instintos homossexuais; Jamale não consegue enfrentar o facto de estar a envelhecer; e Rose é uma costureira que não tem vida própria para se dedicar totalmente à sua irmã, Lili, que tem distúrbios mentais.
O filme gira em torno destas histórias e da relação das vidas, entre si. A rotina destas mulheres, o seu dia-a-dia, a forma como agem e reagem às situações em que se encontram.
Um filme envolvente, carismático. Já tinha saudades das sessões de cinema Medeia... Longe vão as sessões especiais às 19h, em Coimbra. Que saudades...
Segunda ida ao King (a primeira foi há muito, muito tempo, para ver "Um divã em Nova Iorque", com a prima Carol), um cinema muito simpático. Só me desilui o facto de se ter perdido o hábito de fazer postais dos filmes - que eu sempre coleccionei.

1 comentário:

Mikael disse...

Estou mortinho por ir ver esse filme...