Mamma Mia!



No dia seguinte à estreia, um pouco que arrastada, devo confessar, lá fui rumo ao cinema para ver a adaptação cinematográfica do musical "Mamma Mia!". Estava bastante tristonha nesse dia e, por isso, não me apetecia nada sair de casa. Mas não tive grande escolha!
Não me arrependi absolutamente nada. É certo que, quando vi o trailer, fiquei com muita vontade de ver este filme, mas nada me fazia prever a onda de boa disposição que nos invade, quer queiremos, quer não.
Como já devem fazer, o musical foi escrito com base a músicas dos ABBA. Que, como toda a gente sabe, foram um dos grandes ícones da música do fim dos anos 1970. Com todos aqueles mega-sucessos cheios de energia!!! Então, imaginem um filme que tem essas músicas como fio condutor da história... Um espectáculo! É de cantar do início ao fim, só apetece levantar do lugar e dançar! Ainda para mais, para completar a onda de alegria, o filme foi rodado numa ilha grega, com paisagens de sonho, para as quais só nos apetece saltar e fazer parte daquela festa.
E é um gozo ver todos aqueles actores, excelentes por sinal, a assumir papéis tão diferentes dos que estamos habituados a ver. Meryl Streep é autêntica, sem deixar de assumir as suas fragilidades em termos vocais (o que é bastante querido), Pierce Brosnan surpreende com uma voz potente, Colin Firth é super divertido, sem qualquer jeito para a coisa. Quem tem mesmo muito jeito é a jovem Amanda Seyfried, muito talentosa. E onde é que eu já vi aquela cara?...
Há já muito tempo que algo não me deixava tão bem disposta, com a alma levezinha... Assim, este filme é como que um comprimido milagroso contra as depressões que começam a aparecer nesta altura do ano. Acho que ainda o vou ver outra vez.

1 comentário:

Me Myself and I disse...

Vou ver esse filme hoje! A tua crítica é muito positiva... ainda me deixou com mais vontade do que já tinha para o ir ver!

Só espero agora não levar as expectativas demasiado altas.... :)

Beijinhos!

PS-ando a pensar num seguimento para a história do gatinho... mas a imaginação não é o meu forte! Mas continua que eu estava a gostar...!!